Por F5 News

Agentes penintenciários registraram uma fuga em massa no Presídio Regional Senador Leite Neto (Preslen), em Nossa Senhora da Glória, no alto sertão de Sergipe, durante a madrugada desta quinta-feira (29). De acordo com o Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sindpen), 32 presidiários conseguiram escapar por meio de túneis.

O presidente do Sindpen, Luciano Nery, informou que as galerias teriam sido escavadas no fundo da enfermaria. Segundo ele, cinco agentes estavam de plantão na unidade prisional, mas as guaritas estão desativadas. 

Até a última atualização dessa notícia, um dos foragidos, identificado como Brendoow Markarlister Alves Souza, tinha sido recapturado por policiais militares na cidade de Feira Nova, no médio sertão sergipano, e já se encontra detido na delegacia. 

Em nota, as secretarias de Estado de Justiça (Sejuc) e de Segurança Pública  (SSP) informaram que equipes de Pelotão de Patrulhamento em Áreas de Caatinga (Pepac), da Companhia de Nossa Senhora da Glória e do Batalhão de Canindé estão mobilizadas para recapturar os detentos que fugiram. Segundo as pastas, a Delegacia Regional de Nossa Senhora da Glória também atua nas buscas e a Sejuc irá apurar a fuga por meio de processo administrativo. Equipe de manutenção da Secretaria está fazendo os reparos na unidade para evitar novas evasões.

Ao todo, 31 continuam foragidos. São eles: Victor Santos de Oliveira,  Misael Batista dos Santos, Antônio Francisco dos Santos, Tony Santos Rodrigues, Renan Renilson da Silva, Jackson Frasão Nascimento Júnior, Lucas de Lima Silva, José Rodrigo de Jesus, Adriano Bento da Silva, Roberto de Lima Dutra, Wanderley de Jesus, Ranilson Ferreira dos Santos, Alisson Lucio dos Santos, Clerio David da Paz, Lucas Caike Santos, Jânio Silva Gomes, Almiro de Jesus Almeida, Clayton Nascimento de Lima, Bruno Lima do Nascimento, José Cícero da Silva, Carlos Leandro dos Santos, Jadison Pereira da Silva, Alan Fernandes de Souza, Marcos Aurélio dos Santos, Adolfo Alves de França, Carlos André Gonçalves Passos, Ronaldo Muniz Barreto Junior, Adenilton Santos de Meneses, Luciano Ramalho dos Santos, Michel Borges Rollemberg e Wellington dos Santos.

Superlotado

O Preslen possui 177 vagas e atualmente abrigava 420 presos. A cadeia chegou a ser parcialmente interditada em agosto do ano passado pela Justiça. Nas celas que cabem quatro presos, estão amontoadas 8, 9 e até 10 pessoas. A interdição aconteceu dias depois de uma fuga, a última que tinha sido registrada no presídio. 

Na noite do dia 21 de agosto de 2015, 20 detentos conseguiram escapar do Presídio. Na fuga, eles mataram um agente penitenciário, feriram mais dois e aterrorizaram o município do sertão sergipano. Pacientes que estavam em um hospital que fica a 200 metros da penitenciária, também viveram momentos de terror. Os detentos conseguiram roubar uma ambulância e um veículo que estava no hospital. Houve troca de tiros e a busca entrou pela madrugada.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA