Prefeitura de Penedo realiza seleção para SEMTHAS. Confira edital aqui!

 

PREFEITURA MUNICIPAL DE PENEDO

ESTADO DE ALAGOAS

SECRETARIA MUNICIPAL DO TRABALHO, HABITAÇÃO E ASSISTÊNCIA SOCIAL

EDITAL SEMTHAS N° 01/2014

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO N° 01/2014

A Secretária Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social de Penedo, Estado de Alagoas, no uso de suas atribuições legais, em 07 de fevereiro de 2014 TORNA PÚBLICO, que fará realizar PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO para contratação temporária e cadastro de reserva de profissionais que atendam os Serviços e Programas: CRAS – Centro de Referencia de Assistência Social, CREAS – Centro de Referencia Especializado de Assistência Social, CADUNICO – Cadastro Único, SHS – Setor de Habitação da Semthas e SCFV – Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, desenvolvidos pela SEMTHAS / Lei Federal nº 8.745/93.

1 – DISPOSIÇÕES PRELIMINARES:

1.1. O Processo Seletivo Simplificado e Unificado será realizado sob a responsabilidade da Prefeitura Municipal de Penedo, através da Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social em parceria com a Faculdade Raimundo Marinho de Penedo.

1.2. O Processo Seletivo Simplificado e Unificado será avaliado pela comissão técnica designada pela Faculdade Raimundo Marinho de Penedo.

 

2. DAS VAGAS:

2.1. O Processo Seletivo Simplificado destina-se a seleção temporária e cadastro de reserva de profissionais que atendam os Serviços e Programas desenvolvidos pela SEMTHAS, com Carga Horária de 20 horas e 40 horas.

2.2.

CARGOS

VAGAS

REQUISITOS

CARGA HORÁRIA

REMUNERAÇÃO

1

Assistente Social

04

Curso Superior em Serviço Social

Experiência comprovada na área

40h

R$2.300,00

2

Psicólogo

04

Curso Superior em Psicologia

Experiência comprovada na área

20h

R$1.300,00

3

Pedagogo

04

Curso Superior em Pedagogia

Experiência comprovada na área

20h

R$1.300,00

4

Advogado

01

Curso Superior em Direito

Experiência comprovada na área

20h

R$2.300,00

5

Professor de Educação Física

02

Curso Superior com Licenciatura Plena em Educação Física

20h

R$ 850,00

6

Orientador Social

11

Ensino Médio Completo

20h

R$850,00

7

Facilitador de Oficinas (informática)

01

Ensino Médio Completo

20h

R$724,00

8.

Facilitador de Oficinas (flauta doce)

01

Ensino Médio Completo

20h

R$724,00

9

Facilitador de Oficinas (violão)

01

Ensino Médio Completo

20h

R$724,00

10

Facilitador de Oficinas (saxfone)

01

Ensino Médio Completo

20h

R$724,00

11

Facilitador de Oficinas (teclado)

01

Ensino Médio Completo

20h

R$724,00

12

Facilitador de Oficinas (trabalho Manual – Artesanato)

02

Ensino Médio Completo

20h

R$724,00

13

Monitor de Dança

01

Ensino Médio Completo

20h

R$724,00

14

Monitor de Teatro

01

Ensino Médio Completo

20h

R$724,00

15

Maestro de coral

01

Ensino Médio Completo

20h

R$724,00

16

Cadastrador

08

Ensino Médio Completo

20h

R$724,00

17

Digitador

14

Ensino Médio Completo

20h

R$724,00

18

Cuidador (Casa de Passagem)

03

Ensino Médio Completo

40h

R$724,00

19

Auxiliar de Cuidador (Casa de Passagem)

03

Ensino Fundamental Completo

40h

R$724,00

20

Merendeira

05

Ensino Fundamental Completo

20h

R$724,00

21

Zelador (a)

05

Ensino Fundamental Completo

20h

R$724,00

 

2.3. Quanto às atribuições de cada cargo, serão consideradas as informações abaixo.

FUNÇÕES‑ ATIVIDADES

ATRIBUIÇÕES

1

Assistente Social

Orientar indivíduos, famílias, grupos, comunidades e instituições: esclarecer dúvidas, orientar sobre direitos e deveres, acesso a direitos instituídos, rotinas da instituição, cuidados especiais, serviços e recursos sociais, normas, códigos e legislação e sobre processos, procedimentos e técnicas; ensinar a otimização do uso de recursos; organizar e facilitar; assessorar na elaboração de programas e projetos sociais; organizar cursos, palestras, reuniões; planejar políticas sociais: elaborar planos, programas e projetos específicos; delimitar o problema; definir público-alvo, objetivos, metas e metodologia; formular propostas; estabelecer prioridades e critérios de atendimento; programar atividades; pesquisar a realidade social: realizar estudo socioeconômico; pesquisar interesses da população, perfil dos usuários, características da área de atuação, informações in loco, entidades e instituições; realizar pesquisas bibliográficas e documentais; estudar viabilidade de projetos propostos; coletar, organizar, compilar, tabular e difundir dados; executar procedimentos técnicos: registrar atendimentos; informar situações-problema; requisitar acomodações e vagas em equipamentos sociais da instituição; formular relatórios, pareceres técnicos, rotinas e procedimentos; formular instrumental (formulários, questionários, etc.); monitorar as ações em desenvolvimento: acompanhar resultados da execução de programas, projetos e planos; analisar as técnicas utilizadas; apurar custos; verificar atendimento dos compromissos acordados com o usuário; criar critérios e indicadores para avaliação; aplicar instrumentos de avaliação; avaliar cumprimento dos objetivos e programas, projetos e planos propostos; avaliar satisfação dos usuários; articular recursos disponíveis: identificar equipamentos sociais disponíveis na instituição; identificar recursos financeiros disponíveis; negociar com outras entidades e instituições; formar uma rede de atendimento; identificar vagas no mercado de trabalho para colocação de discentes; realocar recursos disponíveis; participar de comissões técnicas; coordenar equipes e atividades: coordenar projetos e grupos de trabalho; recrutar e selecionar pessoal; participar do planejamento de atividades de treinamento e avaliação de desempenho dos recursos humanos da instituição; desempenhar tarefas administrativas: cadastrar usuários, entidades e recursos; controlar fluxo de documentos; administrar recursos financeiros; controlar custos; controlar dados estatísticos. Utilizar recursos de informática; executar outras tarefas de mesma natureza e nível de complexidade associadas ao ambiente organizacional.

2

Psicólogo

Realizar avaliação e diagnóstico psicológicos de entrevistas, observação, testes e dinâmica de grupo, com vistas à prevenção e tratamento de problemas psicológicos; realizar atendimento psicoterapêutico individual ou em grupo, adequado às diversas faixas etárias dentre outras situações de acordo com a necessidade dos programas sociais.

3.

Pedagogo

Realizar visitas domiciliares; efetuar abordagens da família para sensibilização em relação à necessidade de atendimento; Acompanhar “in loco” a situação de crianças e adolescentes atendidos nas redes de serviços Assistenciais; Efetuar acompanhamentos diversos a sua área de atuação; elaborar, programas, projetos e atividades de trabalho, buscando a participação de indivíduos e grupos, nas definições de alternativas para os problemas identificados; interpretar, de forma diagnostica, a problemática sócio educacional para atuar na prevenção e tratamento de problemas de origem social, psicológica e educacional, que interfiram na aprendizagem ao trabalho.

4

Advogado

Representar em juízo ou fora dele, a parte de que é mandatário, comparecendo a audiências tomando sua defesa, para pleitear uma decisão favorável ao Executivo Municipal; Analisar causas, procurando encontrar soluções conciliatórias entre as partes, antes de entrar em juízo; Complementar e apurar as informações levantadas, inquirindo o Executivo, as testemunhas e outras pessoas e tomando outras medidas, para obter os elementos necessários à defesa ou acusação; Preparar a defesa ou acusação, arrolando e correlacionando os fatos e aplicando o procedimento adequado, para apresentá-la em juízo; Orientar o Chefe do Executivo sobre os aspectos legais atinentes à sua área profissional; Estudar a matéria jurídica e de outra natureza, consultando códigos, leis, jurisprudências e outros, para adequar os fatos à legislação aplicável; Acompanhar o processo em todas as suas fases, requerendo seu andamento através de petições específicas, para garantir seu trâmite legal até decisão final do litígio; Redigir ou elabora documentos jurídicos, pronunciamentos, minutas e informações sobre questões de natureza administrativa, fiscal, civil, comercial, trabalhista, penal ou outras, aplicando a legislação, forma e terminologia adequadas ao assunto em questão, para utilizá-los em defesa do Executivo Municipal; Executar outras tarefas correlatas ao cargo e/ou determinadas pelo Chefe do Executivo Municipal.

5

Professor de Educação Física

Participar ativamente de todas as atividades desenvolvidas pelos Programas desenvolvidos pela SEMTHAS. Estar presente e participar de reuniões, estudos e pesquisas pertinentes à área de atuação planejar, coordenar, avaliar e reformular o processo ensino/aprendizagem e propor estratégias metodológicas compatíveis com os programas a serem operacionalizados; planejar e executar atividades físicas de acordo com o público alvo dos programas sociais.

6

Orientador Social

Participação em atividades de planejamento, sistematização e avaliação de serviços de convivência, juntamente com a equipe de trabalho responsável pela execução do serviço; Fornecer informações e atender a o público interno e externo; Recepcionar usuários e encaminhá-los aos setores desejados; Realizar serviços gerais na área administrativa (tais como separação, classificação e arquivamento de documentos); Participar na organização dos eventos realizados pelos programas sociais Desenvolvidos da SEMTHAS; Receber e triar correspondência em geral, separando-os e encaminhando-os a seus destinatários; Manter organizado os arquivos e fichários, manipulando dados e documentos, classificando e protocolando quando necessário; Anotar recados; Operar equipamentos de audiovisual, fax, datashow e outros; Receber materiais diversos, identificar sua origem e encaminhar ao setor destinado; Executar atividades correlatas.

7

Facilitador de Oficinas (informática)

Executar atividades de instrução para crianças e adolescente; Noções gerais de informática, abrangendo conhecimento de hardware, sistema operacional, editor de textos, planilhas eletrônicas; Propor atividades práticas e avaliativas; Executar atividades correlatas.

8

Facilitador de Oficinas (flauta doce)

Planejar e desenvolver a atividade específica; inteirar-se dos princípios, objetivos e dinâmica operacional do serviço socioeducativo dos programas sociais; Ministrar aulas práticas e teóricas de música referente ao instrumento especificado; Preparar material de apoio à instrução musical; Zelar pela conservação, manutenção e guarda dos respectivos materiais de trabalho; Promover e participar da organização de atividades relacionadas com o ensino musical.

9

Facilitador de Oficinas (violão)

Planejar e desenvolver a atividade específica; inteirar-se dos princípios, objetivos e dinâmica operacional do serviço socioeducativo dos programas sociais; Ministrar aulas práticas e teóricas de música referente ao instrumento especificado; Preparar material de apoio à instrução musical; Zelar pela conservação, manutenção e guarda dos respectivos materiais de trabalho; Promover e participar da organização de atividades relacionadas com o ensino musical.

10

Facilitador de Oficinas (saxfone)

Planejar e desenvolver a atividade específica; inteirar-se dos princípios, objetivos e dinâmica operacional do serviço socioeducativo dos programas sociais; Ministrar aulas práticas e teóricas de música referente ao instrumento especificado; Preparar material de apoio à instrução musical; Zelar pela conservação, manutenção e guarda dos respectivos materiais de trabalho; Promover e participar da organização de atividades relacionadas com o ensino musical.

11

Facilitador de Oficinas (teclado)

Planejar e desenvolver a atividade específica; inteirar-se dos princípios, objetivos e dinâmica operacional do serviço socioeducativo dos programas sociais; Ministrar aulas práticas e teóricas de música referente ao instrumento especificado; Preparar material de apoio à instrução musical; Zelar pela conservação, manutenção e guarda dos respectivos materiais de trabalho; Promover e participar da organização de atividades relacionadas com o ensino musical.

12

Facilitador de Oficinas (trabalho manual – artesanato)

Planejar e desenvolver atividades educativas de Artesanato. Tratar sobre temas como: reciclagem, aproveitamento de materiais, auxiliar nas técnicas de colagem decoupage, entre outras técnicas.

13

Monitor de Dança

Planejar e desenvolver conhecimento teórico e prático pelas danças coletivas por meio do movimento do corpo.

14

Monitor de Teatro

Planejar e desenvolver a atividade específica; inteirar-se dos princípios, objetivos e dinâmica operacional do serviço socioeducativo dos programas sociais; planejar e desenvolver o conhecimento teórico e prático, promovendo a criatividade e a capacidade de comunicação.

15

Maestro de Coral

Planejar e desenvolver a atividade específica; inteirar-se dos princípios, objetivos e dinâmica operacional do serviço socioeducativo dos programas sociais; formar e reger coral infantil e adulto, acompanhar o grupo em apresentações internas e externas.

16

Cadastrador

Preencher os formulários com letra de fôrma e legível; bom atendimento do entrevistador com o beneficiário; Obter formalmente todas as informações necessárias para uma boa qualidade do cadastro; desenvolver  trabalho em equipe sob supervisão da Coordenação do Programa Bolsa Família no município de Penedo, boa capacidade relacional e de comunicação com as famílias em situação de vulnerabilidade social, sensibilidade para as questões sociais; atuar em qualquer comunidade na realização do cadastramento, conforme necessidade.

17

Digitador

Prezar pela Manutenção do Equipamento: Verificar as condições dos equipamentos (se impressora está com tinta, papel, se foi desligada corretamente). Organizar o arquivo de dados contidos nos microcomputadores. Verificar a validade do antivírus e possíveis danos existentes nos equipamentos. Realizar pequenos reparos nos microcomputadorese seus acessórios, ou solicitar ajuda de um especialista ao se deparar com dificuldades.

Realizar Serviços de Digitação: Receber, verificar e organizar documentação que deverá ser digitada. Planejar a rotina de trabalho. Organizar-se de acordo com a urgência do material a ser digitado. Conhecer os programas que serão utilizados para execução e organização de seu trabalho. Identificar-se no sistema quando for utilizar um programa conectado com outros servidores. Alimentar constantemente o banco de dados. Pesquisar e acessar dados de pessoas cadastradas, quando solicitado. Digitar os cadastros manuais, frequências, ofícios e memorandos. Mapear e corrigi erros de digitação e ortografia de documentos. Comunicar necessidade de adequação no ambiente de trabalho. Reportar dados inválidos à supervisão. Formatar textos e padronizar os dados digitados. Elaborar tabelas, planilhas, gráficos, etc. Realizar constantemente o backup dos dados contidos nos microcomputadores. Fazer a limpeza de arquivos desatualizados e que já foram impressos para serem arquivados, liberando a memória dos microcomputadores. Imprimir documentos e relatórios quando solicitados ou de acordo com a organização dos arquivamentos. Sugerir melhorias e validar desempenho do programa de entrada de dados. Eventualmente auxiliar em outras tarefas afins.

18

Cuidador (Casa de Passagem)

Ter os cuidados básicos com alimentação, higiene e proteção; Relação afetiva personalizada e individualizada com cada criança/adolescente; Organização do ambiente (espaço físico e atividades adequadas ao grau de desenvolvimento de cada criança ou adolescente;  Auxiliar á criança e ou adolescente para lidar com sua história de vida, fortalecimento da auto-estima e construção da identidade; Organização de fotografias e registros individuais sobre o desenvolvimento de cada criança e/ou adolescente, de modo a preservar sua história de vida; Acompanhamento nos serviços de saúde, escola e outros serviços requeridos no cotidiano. Quando se mostrar necessário e pertinente, um profissional de nível superior (psicólogo ou assistente social) deverá também participar deste acompanhamento; Apoio na preparação da criança ou adolescente para o desligamento, sendo para tanto orientado e supervisionado por um profissional de nível superior (psicólogo ou assistente social).

19

Auxiliar de Cuidador (Casa de Passagem)

Apoiar às funções do cuidador; Cuidados com a moradia (organização e limpeza do ambiente e preparação dos alimentos, dentre outros);

20

Merendeira

Preparar o alimento de acordo com a receita, de forma a estarem prontos nos horários estabelecidos; organizar os utensílios e todo o material necessário à boa distribuição da merenda; servir os alimentos na temperatura adequada; cuidar da limpeza e manutenção do material e locais destinados à preparação, estocagem e distribuição; controlar o consumo e fazer os pedidos de gás na época oportuna; demonstrar interesse e cumprir as determinações superiores; tratar com delicadeza as crianças; distribuir a Merenda, por igual a todas as crianças, incentivando-as “comer de tudo”, sem deixar sobras; higienizar utensílios, equipamentos e dependências do serviço de alimentação; verificar o cardápio do dia; examinar os gêneros que vai utilizar; utilizar somente utensílios bem limpos; seguir as normas de higiene na preparação; manter o mais rigoroso asseio e ordem nas dependências em que se armazenam, preparam e distribuem os alimentos; estar sempre limpa e com o uniforme completo.

21

Zelador

Realizar trabalhos de limpeza, conservação e organização de mobílias. Lavar e limpar cômodos, pátios, pisos, banheiros, carpetes, terraços e demais dependências da sede da autarquia; Polir objetos, peças e placas metálicas. Preparar e servir café, chá, água, etc. Remover, transportar e arrumar móveis, máquinas e materiais diversos. Guardar e arranjar objetos, bem como transportar pequenos objetos. Transmitir recados. Buscar e entregar documentos. Executar, enfim, outras tarefas do cargo sob a ordem do Superior Imediato. 

 

2.4. Poderão participar deste processo seletivo os candidatos que se enquadrarem nos requisitos para os cargos descritos no item 2. Bem como ser aprovado e classificado neste Processo Seletivo.

3 – DA INSCRIÇÃO:

3.1. As inscrições estarão abertas nos dias 17 a 19 de fevereiro de 2014, no horário das 8h00min às 16h00min, na Casa de Aposentadoria (Praça Barão de Penedo, nº 19 – Centro Histórico, Penedo/AL).

3.2. A inscrição deverá ser efetuada presencialmente, mediante preenchimento de ficha de inscrição, (disponível no anexo II deste edital e na Casa de Aposentadoria) durante o período de inscrição, bem como a entrega dos títulos e documentos descritos no item 4. deste edital.

3.3. Ao candidato fica atribuída total responsabilidade pelas informações fornecidas no preenchimento da ficha de inscrição, assumindo, portanto, as consequências por eventuais erros e informação inverídica sob pena de ser excluído no processo seletivo.

3.4. Ao candidato será permitida a inscrição em apenas um cargo/função.

3.5. Não será exigido pagamento de taxa de inscrição para a participação no Processo Seletivo de que trata este Edital.

3.6. A Comissão dispõe do direito de excluir do Processo Seletivo o candidato que tiver preenchido os dados de inscrição com informações comprovadamente incorretas e incompletas, bem como se constatado posteriormente serem inverídicas.

3.7. Antes de efetuar a inscrição, o candidato deverá tomar conhecimento do disposto neste Edital, e seus Anexos e certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos.

3.8. Não serão aceitas inscrições por procuração e ou via internet.

3.9. Da participação dos candidatos com deficiência:

3.9.1. Aos candidatos com deficiência serão reservados 5% (cinco por cento) das vagas, de acordo com a legislação em vigor. Na falta de aprovados para as vagas reservadas a deficientes, estas serão preenchidas pelos demais aprovados, observando-se a ordem de classificação;

3.9.2. Os candidatos com deficiência deverão indicar na ficha de inscrição o tipo de sua deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID), juntando documentação comprobatória.

3.10. O candidato não poderá alegar desconhecimento das normas e condições mencionadas neste Edital, para as quais a inscrição implicará em conhecimento e tácita aceitação.

4 – DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INSCRIÇÃO:

4.1. Para a inscrição nesta seleção, as cópias dos documentos deverão ser autenticadas exclusivamente em cartório de registro de notas.

4.2. Ficha de inscrição devidamente preenchida indicando a função-atividade em que pleiteia a vaga;

4.3. Apresentar declaração de que não possui acúmulo de cargo/função em instituições públicas. Constante no anexo IV deste edital.

4.4. Carteira de Identidade

4.5. Cadastro de Pessoa Física – CPF;

4.6. Comprovante de Residência;

4.7. 01 foto 3×4;

4.8. Título de eleitor e comprovante de quitação eleitoral (disponível no site do TSE ou cartório eleitoral).

4.9. No caso de candidato com deficiência deverá ser entregue declaração do tipo e grau de deficiência que apresenta, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID), juntando documentação comprobatória.

4.10. Currículum Vitae para os Cargos de Nível Superior (encadernado com documentos comprobatórios) somente serão aceitos certificados expedidos desde 2010 aos dias atuais;

4.11. Cópias e originais dos títulos do candidato, conforme descritos no item 4.1.

4.12. Os títulos apresentados que excederem o valor máximo da pontuação prevista na redação deste edital, não serão computados.

4.13. Comprovada, em qualquer tempo, irregularidade ou ilegalidade na obtenção dos títulos apresentados, o candidato terá anulada a respectiva pontuação e será excluído do Processo Seletivo.

4.14. Os documentos em língua estrangeira somente serão considerados, se traduzidos para a língua portuguesa por tradutor juramentado.

4.15. Para julgamento dos títulos relativos à comprovação do ensino médio será admitida cópia autenticada do histórico escolar do candidato ou certidão de conclusão do ensino médio emitida pela escola.

4.16. Para julgamento dos títulos de graduação serão admitidas cópias autenticadas de diplomas, certificados ou declarações de conclusão de curso e histórico escolar, emitidos por instituições reconhecidas pelo poder público, com registro no Ministério da Educação, nas quais, obrigatoriamente, deverão constar o nome do curso, o nível do curso e a carga horária.

4.17. Não será admitido, sob hipótese alguma, o pedido de inclusão de novos documentos após a entrega do envelope.

4.18. Documentos comprobatórios de títulos apresentados pelo candidato para análise curricular, não serão devolvidos para os não aprovados no Processo Seletivo.

4.19. Os documentos especificados neste item 4 devem ser apresentados em envelopes A4 e entregues no ato da inscrição.

4.20. No ato da inscrição o candidato também receberá uma etiqueta constante no Anexo III deste Edital que deverá ser preenchidas com dados referentes ao cargo que se destina, não sendo necessário fazer anotações no envelope.

4.21. O envelope deve estar devidamente identificado, contendo, obrigatoriamente, na sua parte externa a etiqueta de identificação do candidato e o cargo a que pretende concorrer.

4.22. O preenchimento da etiqueta e da ficha de inscrição deve ser feito com letra legível, sendo este preenchimento de inteira responsabilidade do candidato.

 

 

 

5 – DO PROCESSO SELETIVO E DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE:

5.1. A Comissão Organizadora será responsável pelo processo seletivo.

5.2. Para os candidatos de nível fundamental serão computados apenas os pontos obtidos na Entrevista.

5.3. Para os candidatos de nível médio serão computados apenas as notas da prova objetiva.

5.3.1. A prova objetiva para o nível médio será composta de 30 (trinta) questões divididas entre as disciplinas: Português e Conhecimentos Gerais / Atualidades.

5.3.2. Serão considerados aprovados os candidatos para o cargo de nível médio que atenderem os seguintes critérios:

a) acertar 60 % das questões da prova objetiva sendo que: 06 (seis) questões de língua portuguesa e 12 questões de conhecimentos gerais / atualidades, conforme a tabela abaixo:

DISCIPLINA

Nº DE QUESTÕES

PESO

PONTUAÇÃO MINIMA

PONTUAÇÃO MÁXIMA

PORTUGUÊS

10

01

06

10

CONHECIMENTOS GERAIS / ATUALIDADES

20

01

12

20

Os conteúdos para prova de língua portuguesa estão descritos no Anexo I deste Edital.

5.4. Para os candidatos de nível superior serão realizada duas etapas: A primeira etapa – análise dos títulos com pontuação de 0 a 100 pontos. Conforme distribuição contida na TABELA A. A Segunda etapa será eliminatória composta de: Redação conforme critérios para avalição contidos na TABELA B.

TABELA – A

RELAÇÃO DE TÍTULOS PARA CARGOS DE ASSISTENTE SOCIAL/ PSICOLOGO / PEDAGOGO /ADVOGADO / PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA/COORDENADOR DE EVENTOS PARA PROGMAS SOCIAS

TÍTULO / DESCRIÇÃO

Pontuação por título

Pontuação máxima

Cursos de Pós- Graduação /Especialização

30 pontos

30 pontos

Participação em eventos (congressos, seminários, simpósios e outros) com carga horária a partir de 20h

10pontos

40 pontos

Experiência profissional comprovada a partir de 2010 (por atividade)

10 pontos

30 pontos

-

TOTAL MÁXIMO DE PONTOS

100 pontos

TABELA – B

Estética

20 pontos

Concordância

20 pontos

Ortografia

20 pontos

Domínio de Conhecimento

20 pontos

Clareza das Ideias

20 pontos

TOTAL MÁXIMO DE PONTOS

100 pontos

 

5.4.1. A redação e a prova objetiva terão duração de 04 (quatro horas, onde o candidato só poderá entregar as provas após 1 (uma) hora contada após o inicio da aplicação das provas.

5.5. Para participar da redação, prova objetiva e da entrevista o candidato deverá apresentar documento de identidade. Serão considerados documentos de identidade: Carteiras e/ou Cédulas de Identidade expedidas pelas Secretarias de Segurança Pública, pelas Forças Armadas, pela Polícia Militar, pelo Ministério das Relações Exteriores; Cédula de Identidade para Estrangeiros; Cédulas de Identidade fornecidas por Órgãos ou Conselhos de Classe que, por força de Lei Federal valem como documento de identidade, como por exemplo, as da OAB, CRP, CRESS, CRC etc.; Certificado de Reservista; Passaporte; Carteira de Trabalho e Previdência Social, bem como Carteira Nacional de Habilitação (com fotografia, na forma da Lei nº 9.503/97).

5.6. A Redação, prova objetiva e a entrevista ocorrerão nos dias 24 e 25 de fevereiro de 2014 conforme o quadro a seguir:

NIVEL

DATA

HORÁRIO

LOCAL

TIPO DE AVALIAÇÃO

Nível Superior

24/02/14

08:00 às 12:00 horas

FRM

REDAÇÃO

Nível Médio

24/02/14

08:00 às 12:00 horas

FRM

PROVA OBJETIVA

Nível Fundamental

25/02/14

08:00 às 16:00 horas

FRM

ENTREVISTA

5.6.1 Os candidatos deverão comparecer ao local da prova escrita com 1 hora de antecedência ao início de aplicação das provas, pois os portões serão fechados impreterivelmente às 7h: 40min (horário local).

5.7. Será atribuído como nota na entrevista para os Cargos de Nível Fundamental o valor máximo de 100 pontos; Serão observados os seguintes critérios: ter aptidão para o cargo, disponibilidade de tempo, afinidade com a clientela a qual atuará, bom relacionamento interpessoal com todos os envolvidos no trabalho.

5.8. O não comparecimento nas datas e horários designados às etapas deste processo implicará em desistência e consequentemente a eliminação do Processo Seletivo.

5.9. Havendo empate das notas, terá preferência, sucessivamente, o candidato que:

a) For mais idoso;

6 – DO RESULTADO FINAL E HOMOLOGAÇÃO:

6.1. A nota final será obtida através da Tabela descrita abaixo:

Nível

Avaliação

Fundamental

Entrevista

Médio

Nota da Prova Objetiva

Superior

Análise dos Títulos + Nota da Redação

6.2. O Resultado Parcial do processo de seleção será divulgado no dia 21 de março de 2014 a partir das 13:00 horas, através da relação nominal dos candidatos classificados e aprovados publicada nos quadros de aviso da Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social de Penedo e nos endereços eletrônicos da mídia local.

6.3. O Resultado Final será publicado no dia 28 de março de 2014, no mural da Prefeitura Municipal de Penedo, da Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social, Casa de Aposentadoria de Penedo e nos endereços eletrônicos da mídia local.

7. DO PROVIMENTO DAS VAGAS E DO APROVEITAMENTO DOS CANDIDATOS:

7.1. O candidato selecionado será contratado, rigorosamente, de acordo com a classificação obtida, considerando a carência existente;

7.2. A admissão do candidato classificado dar-se-á através de contratação temporária de excepcional interesse público, conforme determina a Lei Municipal n° 1.091/98 e alterações contidas na Lei n° 1.258/06;

7.3. A aprovação do candidato não assegurará o direito à sua contratação automática, e sim, sua inclusão no cadastro de reserva, o que representa a possibilidade de uma posterior contratação temporária;

7.4. No período de vigência do contrato não será concedido remanejamento do Contratado, exceto por necessidade da Instituição;

7.5. O prazo de validade do contrato de prestação de serviços dos aprovados neste Processo Seletivo é de 01 (um) ano, a contar da data de sua assinatura, podendo ser prorrogado uma única vez por igual período, mediante ato próprio de autoridade competente.

7.6. O contrato poderá ser rescindido, a qualquer tempo, independente de notificação, sem direito a indenização, caso o programa para qual foi selecionado seja extinto, ou caso a Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social encaminhe profissional do Quadro Efetivo, para ocupar a vaga temporariamente preenchida pelo profissional que for aprovado através da presente seleção;

7.7. A convocação dos candidatos classificados será feita por divulgação no mural da SEMTHAS, ou por publicação nos endereços eletrônicos da mídia local, no dia 31 de março de 2014. O candidato deverá comparecer para a devida lotação, munido da documentação constante no Item 9 deste Edital e da documentação comprobatória dos pré-requisitos, tornando sem efeito a classificação do candidato que não se apresentar no prazo estabelecido.

7.8. Serão convocados os candidatos aprovados neste processo seletivo de acordo com o mapeamento de carência, sendo vedada a este escolha de local e horário de lotação.

7.9. Caso seja convocado para contratação, não será facultado ao candidato selecionado postergar o início de suas atividades.

8. DOS RECURSOS

8.1. Serão admitidos recursos devidamente fundamentados com base no formulário que segue no anexo V e estarão disponíveis na Sede da Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social.

8.2. Os recursos deverão ser interpostos no dia 24 de março de 2014 até às 13hs.  Os recursos recebidos fora do prazo estabelecido, não serão aceitos.

8.3. O candidato deverá ser claro, consistente e objetivo em seu pleito. Recurso inconsistente ou que desrespeite a Comissão serão preliminarmente indeferidos.

8.4. Não serão aceitos encaminhamentos de novas documentações no ato do recurso. A análise curricular será efetivada exclusivamente a partir dos títulos apresentados até o prazo estabelecido.

8.5. Se qualquer recurso for julgado procedente, será atribuída outra nota ao candidato, computando-se para tanto a pontuação obtida através da interposição de recursos.

8.6. Os recursos serão apreciados pela Comissão do Processo Seletivo, que emitirá decisão fundamentada, a qual será colocada à disposição quando da divulgação do resultado final.

8.7. A Comissão do Processo Seletivo constitui última instancia para recurso, sendo soberana em suas decisões, razão pela qual não caberão recursos adicionais.

8.8. O julgamento dos recursos apresentados, bem como a homologação do Processo Seletivo, será publicado nos quadros de avisos da Prefeitura Municipal de Penedo e da Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social de Penedo, às 12h do dia 28 de março de 2014.

9 – DOS REQUISITOS BÁSICOS PARA A ADMISSÃO NO CARGO TEMPORÁRIO:

9.1. O Candidato aprovado no Processo Seletivo Simplificado e Unificado de que trata este Edital será admitido no cargo temporário se atender as seguintes exigências:

a) Ser brasileiro nato ou naturalizado, ou ainda, no caso de nacionalidade estrangeira, apresentar comprovante de permanência definitiva no Brasil.

b) Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos na data da contratação;

c) Não ter registro de antecedentes criminais;

d) Estar em gozo dos direitos políticos e civis;

e) Estar quite com as obrigações eleitorais;

f) Estar quite com as obrigações do Serviço Militar, para candidatos do sexo masculino;

g) Possuir a escolaridade e os requisitos mínimos exigidos, apresentando comprovante de escolaridade de acordo com o exigido no item 02.

h) Apresentar original e fotocópia do Certificado/ Declaração que comprove habilitação para o cargo pretendido.

i) Ter aptidão física e mental para o exercício das funções;

j) Apresentar Declaração em que expresse não exercer outro cargo, função ou emprego na Administração Estadual, Municipal, Federal e no Distrito Federal, salvo os acumuláveis previstos na Constituição Federal/88, artigo 37, inciso XVI, alíneas a, conforme modelo em Anexo III deste Edital;

k) Possuir disponibilidade para jornada de trabalho apresentada no item 02.

l) Apresentar cópias do registro no PIS/PASEP;

m) Não ter sido punido com nenhuma falta grave passível de demissão em cargo ou emprego ocupado anteriormente no serviço público nas esferas Estadual/Distrital, Municipal e Federal;

n) Outros documentos que a Administração Municipal julgar necessários.

9.2 O candidato que fizer qualquer declaração falsa ou inexata ao se inscrever e caso não possa satisfazer todas as condições enumeradas neste Edital, terá cancelada sua inscrição, e serão anulados todos os atos dela decorrentes, mesmo que tenha sido aprovado no Processo Seletivo.

 

 

 

 

10 – DAS DISPOSIÇÕES GERAIS:

10.1. A classificação no presente Processo Seletivo não assegura ao candidato o direito de contrato automático, mas apenas a expectativa de ser contratado, seguindo a rigorosa ordem classificatória, ficando a contratação condicionada à observância das disposições legais pertinentes e, sobretudo, ao interesse, necessidades e conveniência da Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social.

10.2. O candidato obriga-se a manter atualizado seu endereço junto a Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social, durante o período de validade do Processo Seletivo.

10.3. A inexatidão das afirmativas contidas em documentos apresentados, ainda que verificadas posteriormente, eliminará o candidato do Processo Seletivo, anulando-se os atos decorrentes da inscrição.

10.4. A inscrição do candidato implica o conhecimento e aceitação das regras e condições estabelecidas nas instruções especificas;

10.5. As ocorrências não previstas por este Edital serão resolvidas pela Comissão responsável pelo processo seletivo.

10.6. O candidato convocado para contratação temporária que não comparecer no prazo vigente do instrumento de convocação, será excluído do cadastro.

 

 

 

 

 

 

11. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES

ATIVIDADES

Data/Período

Local

1 – Divulgação do Edital

07/02/2014

D.O.E-AL, Meios de comunicação local, D.O.M.P.E, Mural da PMP e SEMTHAS.

2 – Inscrições e entrega do currículo e dos títulos

17 a 19/02/2014 – 08h às 16h

Casa de Aposentadoria

3 – Redação (cargos de nível superior)

      Prova Objetiva (cargos de nível médio)

24/02/2014 – das 08h às 12hs

FRM – Faculdade Raimundo Marinho

4 – Entrevista (somente para cargo de nível fundamental )

25/02/14 – das 08h às 16hs

FRM – Faculdade Raimundo Marinho

5 – Resultado Parcial

21/03/2014

Meios de comunicação local, Mural da PMP e SEMTHAS.

6 – Recursos

24/03/2014 8h às 13hs

SEMTHAS

7 – Resultado Final

28/03/2014

Meios de comunicação local, Mural da PMP e SEMTHAS.

8 – Convocação

31/03/2014

SEMTHAS

Parte superior do formulário

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Penedo-Al, 07 de fevereiro de 2014.

Prefeitura Municipal de Penedo.

 

 

 

Maria Isabel Cabral Ernesto Bezerra

Secretária do Trabalho, Habitação e Assistência Social

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PREFEITURA MUNICIPAL DE PENEDO

SECRETARIA MUNICIPAL DO TRABALHO, HABITAÇÃO E ASSISTÊNCIA SOCIAL DE PENEDO – AL

ANEXO I

EDITAL SEMTHAS Nº 001/2014

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA SEMTHAS

Conteúdo Programático

  • PORTUGUÊS
  1. Ortografia oficial;
  2. Acentuação gráfica;
  3. Flexão nominal e verbal;
  4. Emprego das classes de palavras;
  5. Crase;
  6. Pontuação;
  7. Interpretação de texto.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PREFEITURA MUNICIPAL DE PENEDO

SECRETARIA MUNICIPAL DO TRABALHO, HABITAÇÃO E ASSISTÊNCIA SOCIAL DE PENEDO – AL

ANEXO II

EDITAL SEMTHAS Nº 001/2014

FOTO

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA SEMTHAS

FICHA DE INSCRIÇÃO

 

NÚMERO DE INSCRIÇÃO:

 

 

 

NOME:

 

DATA DE NASCIMENTO:

 

SEXO:     (   )FEMININO   (   ) MASCULINO

 

EMAIL:

 

TELEFONE:

ENDEREÇO COMPLETO:

 

 

 

DEFICIENTE: (   ) SIM (   ) NÃO – TIPO DE DEFICIÊNCIA:

 

CARGO/FUNÇÃO:

 

NIVEL:       (      ) FUNDAMNETAL     (       ) MÉDIO       (       )    SUPERIOR

 Declaro estar ciente que assumo total responsabilidade pela documentação entregue em ENVELOPE LACRADO e que a incorreção na documentação entregue implicará no indeferimento da solicitação.

 

DATA:

 

ASSINATURA DO CANDIDATO:

COMPROVANTE DE INSCRIÇÃO

NON   NOME DO CANDIDATO:

NUMERO DE INSCRIÇÃO:

CARGO/FUNÇÃO:

DATA:

ASSINATURA DO RESPONSÁVEL PELA INSCRIÇÃO:

 

 

 

 

 

PREFEITURA MUNICIPAL DE PENEDO

SECRETARIA MUNICIPAL DO TRABALHO, HABITAÇÃO E ASSISTÊNCIA SOCIAL DE PENEDO – AL

ANEXO III

EDITAL SEMTHAS Nº 001/2014

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA SEMTHAS

ETIQUETA DE INSCRIÇÃO

 

 

NOME:
EMAIL: TELEFONE:
CARGO/FUNÇÃO:
Declaro estar ciente que assumo total responsabilidade pela documentação entregue em ENVELOPE LACRADO e que a incorreção na documentação entregue implicará no indeferimento da solicitação.

 

DATA:

 

ASSINATURA DO CANDIDATO:

 

 

 

 

 

 

 

PREFEITURA MUNICIPAL DE PENEDO

SECRETARIA MUNICIPAL DO TRABALHO, HABITAÇÃO E ASSISTÊNCIA SOCIAL DE PENEDO – AL

ANEXO IV

DECLARAÇÃO

Eu,____________________________________________________, portador (a) da cédula de identidade nº _______________ órgão de expedição ___________, CPF _________________, DECLARO para os devidos fins, que não possuo acúmulo de vínculo empregatício com as esferas MUNICIPAL, ESTADUAL E FEDERAL, salvos os casos passíveis de acumulação, conforme alíneas a, b e c, inciso XVI, art. 37 da Constituição Federal/88.

A presente declaração é a mais legítima expressão da verdade, sob pena inclusive, de incorrer na prática do crime de falsidade ideológica (art. 299 do Código Penal), devolução dos valores indevidamente recebidos e a deflagração de processo administrativo disciplinar.

Penedo – AL _____ de _____________ de 2014.

_______________________________________

Assinatura do Servidor (a)

PREFEITURA MUNICIPAL DE PENEDO

SECRETARIA MUNICIPAL DO TRABALHO, HABITAÇÃO E ASSISTÊNCIA SOCIAL DE PENEDO – AL

ANEXO V

FICHA DE RECURSO

Ilma. Srª Maria Isabel Cabral Ernesto Bezerra

Secretária Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social da Prefeitura de Penedo – AL.

Eu,……………………………………………………………………………………………………………………………………abaixo assinado(a), portador(a) da identidade n.º …………………………., expedida pelo(a)…………………..data de expedição……../……../……..,CPF n.º …………………………………,natural do Estado de……………………………….,de nacionalidade…………………………………residente à ………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………,n.º……..,Bairro …………………………………………..,Cidade……………………………….,UF………,CEP………………., fone(s) …………………………… ou ………………………………, venho mui respeitosamente requerer de V.Sa., revisão da Avaliação …………………………………………. no Processo Seletivo Simplificado nº01/2014 para contratação temporária e cadastro de reserva de profissionais de formações diversas para o âmbito da Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social de Penedo-AL.

Justificativa:

……………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………….

Nestes termos,

Pede Deferimento.

Penedo – AL, ……… de março de 2014.

Assinatura do Candidato

 

Compartilhe!

Essa notícia há 0 Comentários

Deixe um comentário