foto

Nos 60 anos de Cazuza, popularidade do cantor está em queda no YouTube e em bares

Interesse por cantor no YouTube é o menor em 10 anos. Busca é maior no Rio de Janeiro e menor em estados do Centro-Oeste. Posição em lista de arrecadação em bares e shows também cai.


Por Rodrigo Ortega, G1

Sessenta anos após o nascimento de Cazuza, sua obra está em queda de popularidade, indicam dados do Google e do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad). Apesar de bem executadas em comparação com outros ídolos do rock, suas músicas já foram mais buscadas no YouTube e mais tocadas em bares com música ao vivo e casas de shows.

YouTube: menor busca em 10 anos

As buscas no YouTube pelo cantor, morto em 1990, estão no menor patamar dos últimos dez anos. O número de procuras pelo cantor no site em março de 2018 foi cerca de cinco vezes menor do que o mês de auge, em abril de 2009. O YouTube só fornece os dados a partir de 2008.

Veja abaixo o gráfico do Google Trends, site de dados da empresa que é dona do YouTube. O número total de buscas não é divulgado, mas apenas o índice de variação nas procuras. Em novembro de 2017, as buscas caíram para 16% se comparadas ao total de abril de 2009. O mês de março de 2018 registrou este mesmo patamar baixo.

Mas o interesse por suas músicas no YouTube – plataforma de música mais popular do mundo hoje – ainda é semelhante no Brasil a outros ídolos do rock nacional, como Renato Russo, ou internacional, como os Beatles.

Os três estão com seus índices mais baixos de busca desde 2008 – o que indica uma baixa popularidade do rock em geral. Atualmente, Cazuza é um pouco mais buscado que Renato Russo (sem considerar procuras por suas bandas, Barão Vermelho e Legião Urbana). Os Beatles estão cerca de 50% acima deles.

Em agosto de 2017, o YouTube mudou a forma de coleta de dados, o que pode distorcer a comparação (a empresa não detalha a mudança). Mas mesmo antes desta data, a busca por Cazuza já vinha caindo no gráfico. Veja comparação:

Alguns eventos podem levar a varições irregulares no gráfico (em 2009, por exemplo, houve o especial da TV Globo “Por toda a minha vida”, com repercussão forte do depoimento de Ney Matogrosso sobre o relacionamento com Cazuza). Mesmo assim, a tendência geral nos últimos anos tem sido de queda.

Estados com MAIS interesse por Cazuza no YouTube desde 2008:

  1. Rio de Janeiro
  2. Rio Grande do Norte
  3. Pernambuco
  4. Pará
  5. São Paulo

(As listas não indicam os números absolutos de buscas por Estado. Elas são proporcionais o número de usuários do YouTube em cada estado, segundo o Google Trends).

Estados com MENOS interesse por Cazuza no YouTube desde 2008:

O cantor e compositor Cazuza (Foto: Reprodução / Site oficial Cazuza)

O cantor e compositor Cazuza (Foto: Reprodução / Site oficial Cazuza)

Queda em rankings do Ecad

A execução de músicas compostas por ele em casas noturnas também tem diminuído em relação a outros compositores nos últimos anos. O Ecad forneceu ao G1 dois rankings desde 2013 Veja a posição de Cazuza entre autores com maior rendimento:

Em casas de shows:

  • 2013: 24ª posição
  • 2014: 36ª posição
  • 2015: 39ª posição
  • 2016: Não entrou no top 100
  • 2017: 84ª posição

Em bares, restaurantes e clubes com música ao vivo:

  • 2013: 24ª posição
  • 2014: 25ª posição
  • 2015: 29ª posição
  • 2016: 33ª posição
  • 2017: Ainda não disponível

E nas rádios?

Sem relançamentos como hits nas paradas nos últimos anos, Cazuza não tem um volume grande de músicas tocadas no rádio nos últimos anos. Nos rankings do Ecad, ele não aparece entre os 100 autores mais rentáveis no segmento radiofônico.

A empresa de monitoramento Playax mostra um volume baixo comparado a cantores de sucesso recente.

Cazuza tem cerca de 3 mil execuções semanais de músicas em rádios no Brasil. O número é quase 17 vezes menor do que o de Luan Santana, com média atual de 50 mil por semana.

As execuções de Cazuza subiram um pouco em julho de 2015, nos 25 anos de sua morte, mas têm se mantido estáveis nos últimos três anos, mostra a Playax. É um pouco mais que a média das músicas solo de Renato Russo (2 mil) e menos que da Legião Urbana (7 mil), por exemplo. As músicas do Barão Vermelho, com ou sem Cazuza, também têm cerca de 3 mil plays por semana.

E o maior hit? ‘Exagerado’ x ‘Codinome beija-flor’

“Exagerado” é a composição de Cazuza campeã de interpretações ao vivo nos últimos anos. Já as rádios e os usuários do YouTube preferem o romantismo de “Codinome beija-flor”.

Músicas de Cazuza mais tocadas em shows desde 2013:

  1. “Exagerado” (Cazuza/Leoni/Ezequiel Neves)
  2. “Bete balanço(Cazuza/Frejat)
  3. “Malandragem” (Cazuza/Frejat)
  4. “Pro dia nascer feliz” (Cazuza/Frejat)
  5. “Maior abandonado” (Cazuza/Frejat)
  6. “Codinome beija-flor” (Cazuza/Ezequiel Neves/Reinaldo Arias)
  7. “O tempo não para” (Arnaldo Brandão/Cazuza)
  8. “Brasil” (Cazuza/George Israel/Nilo Romero)
  9. “Por que a gente é assim” (Cazuza/Ezequiel Neves/Frejat)
  10. “Ideologia” (Cazuza/Frejat)
  11. “Faz parte do meu show” (Cazuza/Renato Ladeira)
  12. “Todo o amor que houver nessa vida” (Cazuza/Frejat)
  13. “Preciso dizer que te amo” (Cazuza/Dé Palmeira/Bebel Gilberto)
  14. “Mais feliz” (Cazuza/Dé Palmeira/Bebel Gilberto)
  15. “Blues da piedade” (Cazuza/Frejat)
  16. “O nosso amor a gente inventa” (Cazuza/João Rebouças/Rogehrio Meanda)
  17. “Down em mim” (Cazuza)
  18. “Mulher sem razão” (Cazuza/Dé Palmeira/Bebel Gilberto)
  19. “Poema” (Cazuza/Frejat)
  20. “Mal nenhum” (Cazuza/Lobão)

Fonte: Ecad

Músicas de Cazuza mais tocadas em rádios desde 2013

  1. “Codinome beija-flor” (Cazuza/Ezequiel Neves/Reinaldo Arias)
  2. “Exagerado” (Cazuza/Leoni/Ezequiel Neves)
  3. “Faz parte do meu show” (Cazuza/Renato Ladeira)
  4. “Bete balanço” (Cazuza/Frejat)
  5. “Malandragem” (Cazuza/Frejat)
  6. “Pro dia nascer feliz” (Cazuza/Frejat)
  7. “Preciso dizer que te amo” (Cazuza/Dé Palmeira/Bebel Gilberto)
  8. “O tempo não para” (Arnaldo Brandão/Cazuza)
  9. “Mais feliz” (Cazuza/Dé Palmeira/Bebel Gilberto)
  10. “O nosso amor a gente inventa” (Cazuza/João Rebouças/Rogehrio Meanda)
  11. “Poema”(Cazuza/Frejat)
  12. “Todo o amor que houver nessa vida”(Cazuza/Frejat)
  13. “Maior abandonado” (Cazuza/Frejat)
  14. “Ideologia” (Cazuza/Frejat)
  15. “Mulher sem razão” (Cazuza/Dé Palmeira/Bebel Gilberto)
  16. “Solidão que nada” (Cazuza/George Israel/Nilo Romero)
  17. “Brasil” (Cazuza/George Israel/Nilo Romero)
  18. “Eu queria ter uma bomba”(Cazuza)
  19. “Um trem para as estrelas” (Cazuza/Gilberto Gil)
  20. “Blues da piedade” (Cazuza/Frejat)

Fonte: Ecad

Músicas de Cazuza mais tocadas em bares, restaurantes e clubes com música ao vivo desde 2013:

  1. “Exagerado” (Cazuza/Leoni/Ezequiel Neves)
  2. “Codinome beija-flor” (Cazuza/Ezequiel Neves/Reinaldo Arias)
  3. “Bete balanço” (Cazuza/Frejat)
  4. “Malandragem” (Cazuza/Frejat)
  5. “Faz parte do meu show” (Cazuza/Renato Ladeira)
  6. “O tempo não para” (Arnaldo Brandão/Cazuza)
  7. “Pro dia nascer feliz” (Cazuza/Frejat)
  8. “Preciso dizer que te amo” (Cazuza/Dé Palmeira/Bebel Gilberto)
  9. “Maior abandonado” (Cazuza/Frejat)
  10. “Ideologia” (Cazuza/Frejat)
  11. “O nosso amor a gente inventa” (Cazuza/João Rebouças/Rogehrio Meanda)
  12. “Por que a gente é assim” (Cazuza/Ezequiel Neves/Frejat)
  13. “Mais feliz” (Cazuza/Dé Palmeira/Bebel Gilberto)
  14. “Poema” (Cazuza/Frejat)
  15. “Bilhetinho azul” (Cazuza/Frejat)
  16. “Brasil” (Cazuza/George Israel/Nilo Romero)
  17. “Blues da piedade” (Cazuza/Frejat)
  18. “Eu queria ter uma bomba” (Cazuza)
  19. “Todo o amor que houver nessa vida” (Cazuza/Frejat)
  20. “Solidão que nada” (Cazuza/George Israel/Nilo Romero)

Fonte: Ecad

Músicas mais ouvidas de Cazuza no YouTube desde 2016:

  • 1 – “Codinome beija-flor”
  • 2 – “Preciso dizer que te amo”
  • 3 – “O tempo não para”
  • 4 – “Faz parte do meu show”
  • 5 – “Bete balanço”
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA