FOTO

Instituições de Penedo são acusadas de aplicar golpe do falso diploma em alunos

Divulgação

Terceirização do ensino superior é uma prática considerada ilegal

Um programa televisivo de uma emissora local deu início na noite desta terça-feira, 08 de maio, a uma série de reportagens com o tema “Faculdades fantasmas: sonho ou pesadelo”. Na oportunidade, um esquema do qual supostamente faz parte o grupo “Carlos da Educação”, por exemplo, tornou-se público.

Em Penedo, o grupo administra o Instituto Educacional Teológico e Cultural (Ietc), que na verdade se chama Faculdade Evangélica de Salvador (Facesa), entre outras. Diversos cursos são oferecidos pela instituição na cidade ribeirinha.

De acordo com a reportagem, o Ministério da Educação disponibiliza um portal na rede mundial de computadores chamado de e-MECcom dados oficiais e informações relativas sobre às Instituições de Educação Superior – IES e cursos de graduação do Sistema Federal de Ensino.

Ao consultar essa base de dados, nossa redação descobriu que assim como outras instituições citadas pela reportagem, o Ietc está ativo, mas não possui autorização do MEC para desenvolver nenhuma atividade fora de sua cidade de origem, que no caso é Salvador, na Bahia.

Ainda ao acessar o sistema, nossa redação comprovou que o Ietc foi cadastrado para funcionar na modalidade presencial, sendo, nesse caso, impossível sua expansão para outras localidades que não seja em sua sede, na Avenida Antônio Carlos Magalhães, nº 3749, bairro Pituba, Salvador.

FONTE : AQUIACONTECE

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA