FOTO

FPI-SE resgata 294 animais silvestres em Japoatã e Propriá

Aves e jabutis foram recolhidos na operação No primeiro dia de atividade da equipe Fauna na 4ª etapa da Fiscalização Preventiva Integrada em Sergipe, membros da FPI conseguiram resgatar 294 animais da fauna brasileira, sendo 37 jabutis e 257 aves que estavam sendo mantidas em cativeiro de forma irregular, ous Seja, sem documentação exigida pelas leis vigentes. A operação foi realizada nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira, 07 de maio, inicialmente no município de Japoatã-SE, distante a 94 km de Aracaju. Lá os membros da equipe, que é composta por técnicos da ADEMA, SEMA, IBAMA, CBHSF, PRF e PM/SE, realizaram diversos resgates de animais silvestres. Apenas em uma residência de Japoatã foram encontrados 30 pássaros das mais variadas espécimes, além de armadilhas para capturar os bichos na natureza. Técnicos da ADEMA lavraram o auto de infração, além do termo de apreensão dos bichos. O proprietário também deverá receber uma multa (com o valor ainda a ser calculado). Segundo os técnicos, supostamente, o proprietário dos bichos era comerciante clandestino de passarinhos e caçava animais. Ainda nesta segunda, no período da tarde, no Conjunto Santo Antônio, em Propriá-SE, outros resgates de pássaros foram realizados com sucesso. Em uma abordagem feita pelos “Carrancas”, termo dado aos membros da FPI, foi verificada que em uma única residência havia oito pássaros da espécime Galo de Campina. O proprietário também recebeu um auto de infração, lavrado pela ADEMA além de ter suas aves apreendidas pela FPI. Ele sofrerá sanções administrativas impostas pela ADEMA. MOTOCICLETAS TAMBÉM FORAM APREENDIDAS No ato da fiscalização, policiais da PRF também conseguiram identificar duas motocicletas que estavam irregulares em Japoatã. Em uma delas a PRF verificou numeraçao raspada do motor, provavelmente, fruto de roubo. Em outra motocicleta, foi percebida a adulteração de sinal identificador de veículo, infração prevista no art. 311 do código penal brasileiro. Todos os envolvidos foram encaminhados para delegacia regional, onde responderão pelos seus crimes. Já as motos foram recolhidas pela polícia. RECEBIMENTO DOS ANIMAIS No final do dia, os 297 animais resgatados foram encaminhados para base da Fauna em Propriá-SE. Lá veterinários e biólogos realizam os primeiros cuidados, separando cada espécime e alimentando de forma correta os bichos. Em breve os animais que estão aptos para soltura serão devolvidos a natureza. Outros que precisam de um pouco mais de tempo para se readaptarem em seu habitat natural, serão encaminhados para o CETAS, onde passarão por diversos cuidados até que possam ser recolocados na natureza. ENTREGA VOLUNTÁRIA A FPI-SE também está recebendo entrega voluntária de animais. Para isso, basta se dirigir até a base provisória da Fauna, que está localizada no antigo prédio do CAIC em Propriá.   Qualquer cidadão que realize a entrega voluntária ficará livre de multas e processo na justiça. Para isso o mesmo deverá preencher um termo constatando a entrega do animal.   É necessário levar um documento oficial de identificação.

TEXTO RETIRADO DO SITE © BOA INFORMAÇÃO – LEI MAIS SOBRE EM:

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA