foto

Exposição retrata a crença no poder da cura de mulheres alagoanas

Mostra fotográfica reúne imagens de rezadeiras

Assinada por quatro fotógrafas alagoanas, a mostra busca retratar a rotina e o dia a dia de mulheres que acreditam no poder da curaAssinada por quatro fotógrafas alagoanas, a mostra busca retratar a rotina e o dia a dia de mulheres que acreditam no poder da curaJéssica Conceição

Texto de Yasmin Assis

O Museu da Imagem e do Som de Alagoas (Misa) recebe, nesta sexta-feira (7), a exposição fotográfica “Entre Panos e Ramos: Um olhar sobre as rezadeiras alagoanas”. As obras ficam expostas até o dia 27 de abril.

 

Assinada por quatro fotógrafas alagoanas, a mostra busca retratar a rotina e o dia a dia de mulheres que acreditam no poder da cura através da reza e crença. Em meios a panos e ramos, os olhares atentos capturam momentos singulares que acontecem em cada atendimento.

 

No dia do lançamento, acontece a exibição do documentário Angelita, com direção de Jéssica Patrícia da Conceição e Mare Gomes, que conta um pouco do universo de D. Angelita, benzedeira que vive em Chã de Bebedouro, bairro periférico de Maceió.

 

O trabalho coletivo de Jéssica Conceição, Ingryd Rodrigues, Karla Calheiros e Taís Theberge tem curadoria de Flávia Correia. A Mostra foi contemplada no edital de Exposições Temporárias 2016/2017, lançado pela Secretaria de Estado da Cultura.

 

O Museu da Imagem e do Som está localizado na  Rua Sá e Albuquerque, 275, no bairro de Jaraguá, e funciona de terça à sexta-feira, das 8h às 17h. Sábados e feriados, das 9h às 14h.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA