foto

Delegado intima técnicos de manutenção de ônibus escolares que se chocaram

 Por Thiago Gomes | Portal Gazetaweb.com    31/03/2017 12h01

Renivaldo Batista quer ouvi-los na semana que vem para entender procedimentos mecânicos nos veículos

Acidente entre coletivos escolares chocou alagoanos nesta quinta-feira

FOTO: CORTESIA

As circunstâncias que levaram ao trágico acidente entre dois coletivos de transporte escolar, na noite dessa quinta-feira (30), serão investigadas pelo delegado Renivaldo Batista, titular do 86º Distrito Policial (DP) no município de São Sebastião, na região Agreste de Alagoas. Mesmo sem estar no plantão, a autoridade policial já determinou a intimação dos responsáveis pela manutenção dos veículos que se envolveram na colisão.

O delegado só deve receber o relatório dos primeiros levantamentos do episódio no início da semana que vem, quando estará de plantão no DP. No entanto, diante da excepcionalidade, ele se antecipou e pediu que os policias do distrito preparassem a intimação dos técnicos dos municípios de Junqueiro e Teotônio Vilela.

Estas pessoas serão ouvidas no começo da semana que vem, provavelmente na terça-feira, e terão que apresentar a papelada dos serviços executados nos ônibus da prefeitura nos últimos meses. O delegado quer saber se a manutenção mecânica dos veículos estava em dia.

Além disso, Batista aguardará o resultado da perícia executada pela equipe do Instituto de Criminalística (IC) na cena da colisão. Este laudo pode ajudar a polícia a esclarecer o que pode ter acontecido para provocar o choque entre os transportes escolares. Uma das hipóteses, que será investigada, é algum problema mecânico em um dos veículos.

No local, porém, testemunhas disseram que um dos motoristas tentou desviar de um trator, que seguia pela rodovia estadual, e acabou invadindo a faixa contrária, gerando a colisão. Os laudos cadavéricos do Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca também serão esperados pelo delegado nesta investigação.

No acidente morreram seis pessoas, sendo dois motoristas e quatro estudantes. Outras 44 ficaram feridas e boa parte delas permanece internada na Unidade de Emergência do Agreste. Uma campanha de doação de sangue está sendo feita e voluntários, comovidos após a tragédia, lotaram o Hemocentro de Arapiraca (Hemoar), nesta manhã, em busca de colaborar.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA