foto

Curso capacita produtores em inseminação artificial de bovinos

Aulas realizadas em Batalha encerram-se nesta sexta-feira (26) dentro do plano da Seagri no melhoramento genético

Com uma carga horária de 40 horas, curso é uma parceria da Seagri/AL com a Prefeitura de Batalha que possibilita aos participantes aptidão na prática de inseminação artificialCom uma carga horária de 40 horas, curso é uma parceria da Seagri/AL com a Prefeitura de Batalha que possibilita aos participantes aptidão na prática de inseminação artificialAscom

Texto de Ronaldo Lima

Vantagens da inseminação artificial, características do sêmen cuidados e manuseio com o botijão criogênico são alguns dos temas que estão sendo ministrados aos pequenos produtores rurais e estudantes durante as aulas teóricas e práticas, do curso em Inseminação Artificial em Bovino, promovido pela Secretaria da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri). O encerramento acontece nesta sexta-feira (26), com entrega de certificados.

 

O produtor Kléber Ramos, pequeno produtor rural do povoado de Pau Ferro, no município de Batalha, foi um dos primeiros inscritos para o curso e seu interesse é para aprender as técnicas e utilizá-las na sua pequena propriedade com o rebanho leiteiro que possui.

 

“Além de ter um aprendizado mais profundo da inseminação artificial, também vou poder receber os sêmens que são doados pelo Governo de Alagoas”, explica Kléber, que sairá capacitado e com o certificado do curso em mãos.

 

Rogério Madeiro, médico veterinário e coordenador do curso, ressalta que a inseminação artificial em bovinos na Bacia Leiteira tem garantido aos pequenos produtores rurais um rebanho com boa genética e uma melhor produção de leite. “São benefícios como gado de excelente raça e ainda aumento na renda das famílias”.

 

 

O estudante de Zootecnia da Ufal Jorge Henrique, que irá concluir o curso no final do ano, destaca que as técnicas repassadas durante o curso na teoria e na prática são de fácil assimilação e com o conteúdo de excelente aproveitamento. “Com os equipamentos e as instruções usadas, facilita muito o aprendizado”.

 

Com uma carga horária de 40 horas, o curso é uma parceria da Seagri/AL com a Prefeitura de Batalha, possibilita aos participantes aptidão na prática de inseminação artificial bovina pelo método Shiva. O curso passa a ser condição para que os criadores possam receber os sêmens que são distribuídos pelo governo de Alagoas. Entre os temas abordados na capacitação estão “Vantagens da inseminação artificial”, “Características do Sêmen”, “Cuidados e manuseio com o botijão criogênico”, entre outros.

 

Também foram ministradas duas palestras: “Utilização do bob flag”, pelo médico veterinário, Fred Ferreira, e “Morfologia das vacas de leite”, por José Joaquim Sacramento Filho.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA