foto

Boi Diamante, de ‘Em Família’, foi furtado e abatido para cobrar dívida, diz polícia

Animal ficou famoso ao participar de novela em 2014. Suspeitos são vizinhos do dono, no Gama, e vão responder em liberdade.


Por G1 DF

Boi Diamante, ao centro, durante cavalgada no início deste mês (Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução)

Boi Diamante, ao centro, durante cavalgada no início deste mês (Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução)

A Polícia Civil do Distrito Federal identificou os homens suspeitos de furtarem o boi Diamante – famoso por participar da novela “Em família”, em 2014 – de uma propriedade rural do Gama, no início deste mês. Segundo a corporação, a ossada do animal foi encontrada em um matagal próximo à fazenda.

Os nomes dos supostos assaltantes não foram divulgados. De acordo com a polícia, eles são maiores de idade e vizinhos do proprietário do animal, Adelino Barbosa. O furto teria sido motivado pela “cobrança” de uma dívida antiga de Adelino com esses suspeitos.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, após o furto, os vizinhos mataram o animal e venderam parte da carne. O restante foi consumido pela própria família dos suspeitos, em um churrasco.

Os suspeitos devem responder por furto e “abigeato” – nome dado ao roubo de animais para abate. Como não houve flagrante, a dupla aguardará o julgamento em liberdade.

Pedido de ajuda

Os donos sentiram falta do animal na manhã do último dia 5, quando Diamante seria solto na chácara. Durante a noite, os bovinos ficam presos em um estábulo da propriedade. A suspeita de Adelino Barbosa é de que o boi tenha sido levado com uma corda amarrada ao focinho.

Famoso por aparecer em novela, boi Diamante é roubado de fazenda no Gama

Famoso por aparecer em novela, boi Diamante é roubado de fazenda no Gama

Ao G1, o produtor rural, de 70 anos, disse que o boi, mistura da raça simental com holandês, era manso, adestrado e frequentemente é premiado em exposições. Pesando cerca de uma tonelada, o animal era avaliado em R$ 60 mil.

Diamante estava há cinco anos com a família Barbosa. Em um vídeo publicado nas redes sociais, após o sumiço, Adelino fez um apelo para que devolvessem o boi, a quem ele dizia tratar “como um filho”.

Veja mais notícias sobre a região no G1 DF.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA