foto

A ASN preparou reportagem especial sobre o estádio Lourival Baptista. Inaugurado em 1969, com participação da seleção Brasileira de Futebol, o estádio passou por reforma e modernização no valor de R$ 25 milhões

 Novo Batistão tem capacidade para 15.575 pessoas / Foto: Victor Ribeiro/ASNNovo Batistão tem capacidade para 15.575 pessoas / Foto: Victor Ribeiro/ASN

O ano era 1969 e Sergipe se preparava para receber um dos mais modernos estádios de futebol do país, o Estádio Estadual Lourival Baptista, em uma quarta-feira, 9 de julho. O dia ficaria marcado também por uma partida histórica de futebol no espaço inaugurado, um amistoso da Seleção Brasileira contra a Seleção Sergipana de Futebol, criada especialmente para essa partida. Hoje, quase 46 anos depois, novamente em uma quarta-feira, os sergipanos se alegram para receber a praça esportiva totalmente reformada pelo Governo do Estado, com o nome de Arena Lourival Baptista, o popular  e eterno Batistão.

Símbolo do esporte em Sergipe, o estádio se confunde com a história de atletas e profissionais dos desportos do estado. Como o jornalista, radialista e atual presidente da Associação dos Cronistas Desportivos de Sergipe (ACDS), Roberto Silva. “Eu sou frequentador desta praça esportiva desde antes da sua inauguração, quando se chamava Estádio Estadual de Aracaju. Eu era garotinho, não tinha dinheiro para comparecer ao estádio e entrava pelo Instituto Parreiras Horta, onde tinha uma brechinha que dava acesso a essa bonita praça de esportes. Depois, estudando consegui chegar à cronista esportivo e até hoje estou como profissional de Comunicação, empenhando a bandeira da crônica esportiva, como presidente da ACDS, eleito pela quarta vez. Comecei a trabalhar na imprensa em 1969, no dia da inauguração do Batistão. Fiquei atrás do gol, depois de distribuir todos os jornais que estavam sob minha responsabilidade. O jornal era ‘A Cruzália’, que hoje já não existe mais, na época eu fui encarregado pela direção para fazer a entrega deste semanário. Foram muitos momentos memoráveis, porque esse estádio faz parte da minha vida”, lembra Roberto Silva.

O ex-jogador sergipano Zé Américo, que aos 24 anos participou da partida de inauguração do estádio, conta da emoção dos jogadores do estado e do público presente quando da inauguração.  “Jogava no Cotinguiba e fui convocado para Seleção Sergipana, para participar do jogo de inauguração. Um grande momento para um atleta de Sergipe. Na época, o Batistão era um dos mais modernos estádios do país e iríamos jogar com a seleção, que foi tricampeã do Mundo no ano seguinte. Foi muito gratificante para mim, como atleta, e é uma felicidade ver o estádio agora assim, moderno, todo reformado”, afirma.

Um novo Batistão

Quem for ao Batistão na noite desta quarta-feira, 4, a partir das 17 horas, vai se surpreender com a transformação do espaço. Com a reforma e modernização, o Batistão passa a operar como uma arena multiuso, tendência de todos os novos estádios de futebol no Brasil e está apto para receber além de partidas de futebol, atrações artísticas e eventos.

Para o governador Jackson Barreto, é uma honra e felicidade ser o governador que entregará aos sergipanos a praça esportiva, que nunca havia passado por uma reforma, totalmente recuperada.“ É um marco na história de Sergipe e da vida do esporte do estado. É um outro estádio, uma arena de esporte, uma bela praça de esportes à altura de qualquer competição de nível nacional. Praticamente se construiu um novo estádio.  Fico feliz de ser no meu governo que entregaremos esta obra para o conforto da população, desportistas e torcedores. Tudo que existe de mais moderno colocamos aqui”.

Com um investimento na ordem de R$ 25.964.934,01, recursos estaduais e federais, e capacidade para 15.575 pessoas, a intervenção dotou a principal praça de esportes de Sergipe de modernas instalações atendendo aos padrões disciplinados pela FIFA.

O gramado do estádio também não é mais o mesmo onde os craques da Seleção de 69 jogaram. Com a implantação de um novo sistema de drenagem, novo gramado, sistema de irrigação computadorizado e nova iluminação o espaço foi dotado do que há de mais moderno em campos do mundo e o gramado foi reconhecido como um dos melhores do país na Copa Do Mundo Do Brasil, em 2014.

“Esse gramado foi plantado em Neópolis, é uma grama específica e muito sensível. Era uma exigência da FIFA, para que Sergipe recebesse uma seleção estrangeira na Copa que o gramado fosse de qualidade para a bola rolar certinha, sem quicar na grama, possibilitando que o jogador pudesse correr com maior velocidade e que evitasse o mínimo de contusões nos tornozelos”, explica o secretário de Estado da Infraestrutura, Valmor Barbosa.

Toda a fachada externa do estádio foi revestida com Brises metálicos e no entorno foi implantado alambrado de vidro. O Batistão ganhou um novo e moderno Placar Full Color com 25,60 m². Para atender os critérios de acessibilidade, foram construídos rampas, seis banheiros para portadores de deficiência, implantados piso e mapa táctil. Os vestiários, cabines de rádio e televisão, camarotes e sala de comando foram climatizados. Também foram ampliados o estacionamento e construídos novos vestiários, entre outras intervenções.

“A parte de vestiário terá uma cobertura retrátil, para levar o jogador até o campo e evitar que adversários arremessem objetos. Os vestiários dos times são separados e ficam um do lado do outro, com uma logística em que os ônibus de cada time param na porta de cada vestiário para o devido desembarque. Os locais receberam banheiras, são climatizados, possuem chuveiros, armários individuais, sala de aquecimento com grama sintética, uma sala do técnico, também climatizado, para ele fazer seu esquema tático. Colocamos o vestiário dos juízes do outro lado do gramado, então, estrategicamente os jogadores não encontrarão os juízes antes do jogo. O objetivo é ordenar o acesso da torcida, jogadores e imprensa”, informa Valmor.

Com a ampliação, o estádio ainda ganhou três novos degraus de arquibancada, proporcionando um aumento de 1.600 lugares sentados na capacidade. Foram construídas duas áreas reservadas para cadeirantes, cinco bancos de reserva, dois novos vestiários para juízes (masculino e feminino), pórticos nas ruas Campo do Brito e Cedro.

Bilhetagem eletrônica

O novo Batistão oferece catracas eletrônicas e bilhetagem informatizada. O novo sistema evita a evasão de renda e já foi implantado nas modernas arenas multiuso, inauguradas para a Copa do Mundo de 2014. Todas as cadeiras são numeradas para permitir este controle.

Copa do Nordeste

Na data de sua reabertura, o Batistão sedia a partida entre Confiança (SE) e Vitória (BA), pela Copa do Nordeste.
“É uma bela oportunidade de mostrar a beleza da competição mais a beleza do Batistão”, diz o governador ao ressaltar a visibilidade da partida de reinauguração, que será transmitida nacionalmente.

Copa

Em junho de 2014, já com o novo gramado implantado e com um Centro de Treinamento (CT) instalado no Ginásio Constâncio Vieira, a seleção da Grécia de futebol escolheu Aracaju como Centro de Treinamento na Copa do Mundo, colocando Sergipe em posição de destaque internacionalmente.

“Depois de aceito as determinações da FIFA, viajei pelo Brasil para visitar outras arenas, fui vendo a parte dos vestiários, vidros utilizado, placar eletrônico para aplicar no Batistão. Foi decisão tomadas tendo como referência as arenas do Brasil, para que o Batistão se adequasse a um grande estádio”, esclarece o secretário Valmor Barbosa.

Imprensa

A imprensa também recebeu um lugar especial no Batistão para o exercício do seu trabalho. Para ter acesso ao espaço, o cronista deverá apresentar a carteira de filiação a ACDS atualizada, e receberá um crachá e o bilhete referente a determinado jogo, que lhe darão direito à entrada no novo Batistão. Os crachás da imprensa serão diferenciados, um para os repórteres de campo e outro para quem vai trabalhar nas cabines, agora climatizadas e com acesso a internet, possibilitando assim uma maior agilidade, no trabalho do profissional da imprensa esportiva.
“A aumentamos o número de cabines para transmissão, antes só tinha um lugar para uma televisão, agora temos três cabines, todas climatizadas, colocamos vidro para evitar barulho e dar mais conforto aos profissionais da comunicação”, fala Valmor.

Paixão

Técnicos e engenheiros que participaram da obra afirmaram que a grandiosidade é muito superior ao valor investido na reforma. Para o governador Jackson Barreto, a magia da obra está no que representa o futebol para o povo sergipano e brasileiro: uma paixão.

“Os desportistas, os nossos jogadores e o povo sergipano mereciam uma obra desta qualidade. Eu realmente estou impressionado e feliz com este investimento, porque eu sei que a gente está atendendo a vontade de uma grande parte do povo sergipano, principalmente os desportistas, porque aqui não é uma alegria apenas para o torcedor do Sergipe ou do Confiança, é uma felicidade para os torcedores e desportistas do estado inteiro, porque esta será uma das mais belas praças de esporte do nosso país”, enfatiza Jackson Barreto.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA