foto

Alta dos combustíveis líquidos amplia economia do GNV no último ano

Diferença entre preços do gás natural veicular e outros combustíveis do mercado ficou ainda maior desde o ano passado

Para motoristas interessados em adaptar seus veículos para o GNV, a orientação da Algás é procurar uma oficina credenciada pelo Inmetro, onde também pode ser feita manutenção periódica do kit, garantindo a segurançaPara motoristas interessados em adaptar seus veículos para o GNV, a orientação da Algás é procurar uma oficina credenciada pelo Inmetro, onde também pode ser feita manutenção periódica do kit, garantindo a segurançaAscom

Texto de Isabela Souza

Em tempos de alta no preço de combustíveis como gasolina e etanol, é cada vez maior o número de motoristas que estão adaptando os veículos para o gás natural veicular, o GNV. Segundo informações da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás), na comparação entre 2016 e 2017, houve um aumento de 45% no número de adaptações de veículos no país.

 

O dado representa um total de 130 mil motoristas que, ao longo de 2017, adaptaram seus carros para utilizar o GNV. A economia com combustível explica essa evolução: entre junho e dezembro do ano passado, os preços da gasolina e do etanol subiram mais de 15%. Já o GNV, apenas 3,73%.

 

Em Alagoas, de acordo com informações da distribuidora de gás natural do Estado, a Algás, mais de 19 mil consumidores contam com o uso do gás natural veicular. Nos postos de combustíveis de Maceió, a economia do GNV pode chegar a 52% na comparação com a gasolina e a 54% quando comparado ao etanol.

O motorista alagoano André Feliciano foi um dos consumidores que adaptaram seu veículo em 2017. Feliciano, que trabalha há cinco anos em Maceió com empreendimentos imobiliários, notou no GNV uma alternativa mais segura e econômica em relação aos outros combustíveis do mercado.

 

“Meu trabalho me exige rodar cerca de 80 km por dia. A economia e a segurança do gás natural veicular em relação à gasolina e ao etanol foram um dos atrativos que me motivou a migrar para o combustível”, declara o empresário.

 

 

A Algás observa ainda que, além da economia, outra vantagem do GNV é a baixa emissão de resíduos na atmosfera. “Uma característica marcante desse combustível, além da impossibilidade de ser adulterado, o que o torna extremamente seguro, é de ele ser o mais limpo do mercado, sendo o melhor para o meio ambiente”, destaca o gerente comercial da Companhia, Fabio Sousa.

 

Para usar o GNV, ainda segundo o gerente da Algás, é simples e basta adaptar o veículo. Os kits de quinta geração, adequados aos veículos com injeção eletrônica multiponto, variam entre R$ 4 mil e R$ 5 mil.

“O retorno sobre o investimento inicial muda com a distância percorrida pelo motorista, pois quanto mais quilômetros ele percorrer, mais rápido o investimento retornará. Se você percorrer uma média de 80 km por dia, como Feliciano, por exemplo, o seu investimento retornará em no máximo oito meses”, diz Fabio.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA