A ‘joia dos mares’ aportou na capital na sexta-feira (13); Semptur informa que até março do ano que vem a capital receberá mais sete navios
Costa Cruzeiros/ Divulgação“>O gigante Costa Fascinosa foi apresentado pela companhia Costa Cruzeiros como a ‘nova joia dos mares’

Álvaro Brandão

Nesta sexta-feira (13), atracou, pela derradeira vez este ano, um navio de passageiros no porto de Maceió, o Costa Fascinosa – uma embarcação de 290 metros de comprimento e 35,5 metros de largura, da companhia italiana Costa Cruzeiros. De acordo com a planilha da Secretaria Municipal de Promoção do Turismo (Semptur), outras sete embarcações de alto padrão estão previstas para aportar no terminal do Jaraguá até março de 2014. Ao todo, durante a temporada deférias no Brasil, que vai de novembro a março, 20 navios terão a cidade de Maceió como destino turístico. Um número reduzido, comparado com os anos anteriores, mas justificado por vários fatores, inclusive a crise global da economia, que afugentou o turista europeu, até então nossa principal clientela.

E já que o momento é de trégua, é hora de pensar o serviço prestado até agora e também aproveitar a ocasião para incrementar o envolvimento e o comprometimento dos vários setores do turismo alagoano – incluindo ai os poderes municipal e estadual, no sentido de oferecerem uma boa qualidade de atendimento.

Imprensa/ Semptur
O cruzeiro do Splendour of the Seas passou por Maceió no ano passado

O turismo – comumente chamado “indústria sem chaminé” –, é uma atividade diversificada, mas que se resume em dois fatores essenciais: infraestrutura adequada e a capacidade de as pessoas do lugar exercerem toda imprescindível hospitalidade. Segundo Nide Lins, da Comunicação da Semptur, a cada ano Maceió trabalha no sentido de oferecer um receptivo de mais qualidade. Para isso, explicou ela, foram feitos investimentos em capacitação de toda a mão de obra envolvida na atividade, e citou como referência os cursos de línguas estrangeiras que colaboram no diálogo entre os turistas e os prestadores de serviços.

Mas há muito que fazer a respeito, como, por exemplo, ouvir a opinião do principal envolvido nesse processo, o turista. Mesmo assim, e apesar da precariedade, o turista que desembarca em Maceió vem recebendo a atenção inicial merecida. Nide explicou que o Centro de Atendimento ao Turista – que é uma tenda montada no estacionamento público de Jaraguá – está fazendo a parte dele. Segundo a jornalista da Semptur, além dos panfletos informativos e o mapa da cidade, o balcão de atendimento conta ainda com intérpretes bilíngues que auxiliam nos primeiros contatos e na intermediação de serviços de transportes.

“Os estrangeiros gostam de andar a pé, visitar museus e conhecer a praia mais próxima nas imediações do porto”, diz Nide.

O coordenador de marketing Flávio Serbim esclareceu que a perspectiva de crescimento do receptivo dos cruzeiros na cidade aumenta a cada ano. Segundo ele, alguns dos transatlânticos passaram a pernoitar, prolongando assim o tempo de permanência na cidade e o valor de despesas diárias do visitante. Este ano, o terminal da Semptur também teve a ajuda dos alunos do curso de Turismo do Instituto Federal de Alagoas (o Ifal) e até de uma casa de câmbio – tudo para facilitar a circulação do turista.

Passadas as festas de final de ano, já no dia 20 de janeiro – segundo informou Serbim – atraca o primeiro navio de 2014, de uma sequência de sete embarcações que ainda estão por vir. O último desta temporada chega à cidade no dia 28 de março.

“E já temos previstos seis cruzeiros com destino Maceió para a temporada 2014/ 2015, agendados entre dezembro do próximo ano a março de 2015”, concluiu o técnico da Semptur.

fonte: alagoas boreal

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA